As 3RL do Xbox 360 custaram mais de 1 bilhão à Microsoft

0 comentários

Quem teve um Xbox 360 passou por esse estresse, ou ao menos conheceu algumas pessoas que passaram – mas apostamos fortemente na primeira opção.

Em entrevista ao IGN, o ex-Microsoft Peter Moore – agora chefão da EA Sports e vice-presidente da divisão de entretenimento da Microsoft na época – revelou algumas das conversas internas que aconteceram durante a crise das luzes vermelhas.

“Me lembro de dizer à Robbie Bach, meu chefe, e lhe dizer que acreditava que tínhamos um problema de US$1 bilhão. Era um verdadeiro desafio para os nossos engenheiros e sabíamos que tinha relação com o superaquecimento do console.”

“Um momento do qual não me esqueço foi quando disse à Robbie Bach que tínhamos uma reunião de negócios no edifício 34 com Steve Ballmer” – o presidente executivo da Microsoft. “Tínhamos que dizer a ele o que íamos fazer: enviar uma caixa vazia da FedEx a todo consumidor com o problema das luzes vermelhas para que nos enviassem os consoles com o defeito, então os devolveríamos consertados,” comentou Moore.

“Gosto muito do Steve, mas ele também é bem intimidador. Para o convencê-lo, disse que, ‘Se não fizermos isto, a marca está morta’. Ele me perguntou quanto iria custar, então respirei fundo, e disse que algo em torno de US$1 bilhão. A resposta foi, ‘Faça'”. E cá estamos hoje com o Xbox One e seus felizes proprietários. Mas, sem dúvidas, aquela foi a geração dos problemas de lançamento de consoles. Hoje, é a dos lançamentos dos jogos. Talvez na próxima esteja tudo resolvido, ou seja a dos controles e óculos de realida virtual, não é? Vai saber…

0 comentários: