Fumito Ueda comenta sobre o retorno de The Last Guardian

0 comentários

A Sony abriu sua conferência da E3 2015 com um jogo esperado há anos. The Last Guardian, desenvolvido pela Sony Japão, foi anunciado em 2009 e de lá pra cá ficou no limbo. A espera foi tanta que o seu diretor, Fumito Ueda, não sabia se as pessoas iam lembrar do jogo.

Em uma entrevista no PlayStation Blog, Ueda – também responsável pelos clássicos de PS2, Ico e Shadow of The Colossus – confessou sua preocupação. “Pois é, fazem uns anos desde nosso último anúncio. Do meu ponto de vista, a reação da audiência era imprevisível. Eu não sabia se as pessoas iam lembrar do jogo,” comenta o diretor. “Mas depois do anúncio eu vi a reação, e a gritaria – e isso provou pra mim que as pessoas realmente esperaram e estavam animadas pra nos ver revelando The Last Guardian pro PS4.”

Ueda também aproveitou a oportunidade pra falar sobre possíveis mudanças por conta do atraso, e garantiu que a visão inicial do Team Ico para The Last Guardian continua. “O conteúdo do jogo mesmo – a história, etc – isso não mudou,” garante. “Obviamente a migração para o PS4 nos permitiu avançar no lado tecnológico. A estética geral que o time queria não é necessariamente “de ponta” mas nós temos um estilo de arte específico que queremos e o hardware do PS4 nos ajudou a conseguir nossos objetivos.”

The Last Guardian será lançado exclusivamente para o PlayStation 4 em 2016.

0 comentários: