Bethesda explica porque o desenvolvimento de Doom 4 recomeçou em 2013

0 comentários

O novo Doom – agora sem o 4 no título – apareceu na E3 e nós finalmente temos uma boa ideia do que esperar do FPS. Mas algumas pessoas devem se lembrar que o desenvolvimento do jogo foi anunciado lá em 2008, e recomeçou em 2013.

Em entrevista ao Polygon, Pete Hines, vice-presidente de marketing da Bethesda, deixou a entender que essa decisão foi feita porque o jogo estava parecido demais com outros shooters, e com poucas similaridades aos outros Doom. Por isto, a empresa decidiu fazer um reboot.

“Nós decidimos que não era Doom o suficiente, e precisava ser jogado fora e começado do zero,” explicou Hines. “Você provavelmente pode fechar os olhos e imaginar e um jogo como ‘Call of Doom’ ou ‘BattleDoom’, onde começa a ficar meio: ‘Pera ai, isso não parece muito com Doom'”

“O combate era mais desconectado, você quase ficava só pegando cover e usando coisas de outros FPS, o que é okay pra eles, mas não parece certo pra Doom,” continuou o executivo. Ele explica que a equipe não ficou satisfeita com o uso de elementos de outros jogos de tiro, e por isso recomeçou o desenvolvimento em 2013. Coisas como as execuções sangrentas só foram adicionadas depois do reboot.

Doom será lançado em 2016 para PS4, Xbox One e PC.

0 comentários: