Robert Downey Jr. fala sobre papel vilanesco em Capitão América: Guerra Civil

0 comentários
Capa da Publicação

RDJ fala sobre o motivo de ter escolhido Capitão América: Guerra Civil ao invés de Homem de Ferro 4, como Tony Stark e Steve Rogers irão passar por algumas mudanças para chegarem a brigar e se ele vê ou não seu personagem sendo transformado em um vilão.

A notícia de que Robert Downey Jr. iria estrelar em Capitão América 3 foi uma das maiores e mais emocionantes de 2014, especialmente porque significa que os colegas iriam batalhar um contra o outro, assim como no criticamente aclamado quadrinho de Mark Millar e Steve mcNiven, Guerra Civil. E quando foi revelado que o título seria “Capitão América: Guerra Civil”, a emoção foi maior ainda!

Em uma recente entrevista com a revista Empire, Downey Jr. falou sobre o motivo de ter escolhido o filme e deu algumas dicas do papel de Tony Stark no futuro do Universo Cinematográfico da Marvel.

“Eles me disseram, ‘Se nós tivermos você, conseguiremos fazer isso [a Guerra Civil], ou ‘Capitão América 3’ vai ter que ser outra coisa’. É legal se sentir necessário. E nessa altura, a questão é ajudar uns aos outros também. Eu vejo isso como uma competição e penso que, com duas franquias se juntando, mesmo eu tendo um destaque menor, estar trabalhando com pessoas e diretores que eu respeito, talvez nós possamos continuar assim. “ Diz RDJ, fazendo um válido ponto, especialmente quando levado em conta o fato de que o Homem de Ferro é o único herói da Marvel a ter faturado mais de 1 bilhão de dólares em um filme solo.

Contudo, por mais divertido e emocionante, ainda é difícil imaginar que o Tony Stark que aprendemos a amar nos cinemas, irá se transformar na odiada versão dos quadrinhos que levam a Guerra Civil entre os heróis; defendendo o ato de registro, onde super-heróis devem se registrar com o governo pelo bem do público. Downey, contudo, enxerga isso como uma evolução natural do personagem, acreditando em uma drástica mudança ocorrida em “Vingadores: Era de Ultron”.

“É natural a mudança no ponto de vista das pessoas.” ele diz, “A questão principal para mim é que tipo de incidente pode ocorrer e que tipo de armação Tony vai estar envolvido? As pistas sobre o que podem acontecer com ele (em Guerra Civil) estão em ‘Vingadores: Era de Ultron’. Mas o que seria preciso para Tony mudar completamente suas crenças? Joss (Whedon) traz isso à tona o tempo todo. Será meio estranho ver esses caras se enfrentando ao redor do planeta e ainda assim, quando o filme acabar, ninguém dando a mínima. O que o governo americano faria se isso fosse real? Não seria interessante ver Tony fazendo algo que você não poderia imaginar?”, provocou o ator.

Nos eventos dos quadrinhos, vemos o Homem de Ferro em um papel quase vilanesco, manipulando seus amigos e até mesmo clonando o Thor! Poderia o herói mais popular da Marvel se tornar seu maior vilão? “Não colocaria isso desse jeito.” Respondeu Downey Jr., “A maior questão é, para Chris e para o Cap, como levamos o Cap para onde ele deve ir. ‘Eu nunca imaginei que veria uma mudança tão grande no Steve.’ Depois de você assistir Snowpiercer, você pensa, ‘eu quero ver um pouco daquele cara’.”

0 comentários: